ACBF Futsal

ACBF Futsal
ACBF - Carlos Barbosa-RS

terça-feira, 5 de julho de 2016

quinta-feira, 26 de maio de 2016

AMAX FUTSAL - Metodologias para o FUTSAL

Atividades práticas, solicite seu cadastro para receber esse e outros materiais produzidos pela AMAX.

CADASTRO: amaxfutsal@hotmail.com


sexta-feira, 25 de março de 2016

EDITAL OFICIAL III ESTÁGIO PARA TREINADORES FUTSAL - ACBF 2016

Edital de Informação e Inscrição



- Com objetivo de proporcionar aos interessados o conhecimento das técnicas e métodos de treinamento aplicados em nossa equipe, nosso Departamento Técnico abre inscrições para o II Estágio para Treinadores de Futsal em Carlos Barbosa - RS, de 06 à 10 de Junho de 2016 a ACBF espera por você.
VAGAS LIMITADAS – 30 (trinta) VAGAS DE ALOJAMENTO AOS PRIMEIROS INSCRITOS.


Justificativa:
A Associação Carlos Barbosa de Futsal – ACBF uma das maiores e mais tradicionais equipe de Futsal do Mundo, completa neste ano 40 anos de histórias e conquistas, por esta razão damos continuidade ao nosso projeto de Estágio do nosso Departamento Técnico oferecendo além de conhecimentos técnicos, a oportunidade de viver a realidade diária da equipe Bicampeã Mundial e Penta Campeã da Liga Nacional de Futsal e Tri Campeã da Taça Brasil.
Dinâmica de Participação:

- Os inscritos participarão de palestras com os profissionais que atuam no projeto e demais convidados/palestrantes. As palestras e o estágio preveem a duração de 40 horas/aulas divididas entre os profissionais, sendo elas; Palestras teóricas e observações práticas da rotina de treinamento. Toda programação está sendo finalizada e em breve os inscritos receberão todas as informações sobre a grade do curso e a disposição das Palestras e Práticas de observação.
Inscrições e ocupação de vagas:
Para esta edição estamos oferecendo 30 (vinte) vagas em alojamento, o preenchimento das vagas serão realizadas conforme a disponibilidade e ordem de inscrição. Os contemplados deverão trazer roupas de cama e higiene pessoal. A organização disponibilizará o espaço com colchões e estrutura com banheiros e chuveiros.

- O Estágio está disponível para Acadêmicos, Professores, Treinadores de Futsal e ao Público geral que atua na modalidade. Os interessados deverão efetuar sua inscrição através das seguintes opções:
VALOR DE INSCRIÇÃO – R$ 900,00 (Novecentos Reais). A inscrição não cobre gastos de alimentação, hospedagem e outras, todas estas correm por conta do participante.

A inscrição poderá ser dividida em parcelas da seguinte forma:

*Depósito Bancário: Opção em 2 (duas) VEZES (Entrada 50% até 10 de maio 2016 - 2a. parcela no dia do início do evento. (O valor de entrada já garante sua vaga em alojamento).
Dados para depósito: Banco do Brasil Ag. 2859-2 Conta Corrente 20.286-0 em Favor de AMAX FUTSAL LTDA. Os interessados deverão realizar o depósito até o dia 10 de maio de 2016.
*Cartão de Crédito: Opção de pagamento em até 12 vezes.
Através do PAGSEGURO, você acessa o blog www.marquinhosxavierfutsal.blogspot.com e clica no botão de pagamento do estágio (abaixo do Banner oficial), desta forma você poderá pagar em até 12 vezes, optando por esta opção de pagamento segura e fácil (Ver as condições de pagamento ao acessar a página de compras). LEMBRAMOS QUE AS VAGAS DO ESTÁGIO SÃO LIMITADAS TAMBÉM, e efetivadas somente pela confirmação do pagamento do inscrito.

O edital possui ainda mais informações!

SOLICITE O EDITAL COMPLETO ATRAVÉS DO E-MAIL: estagios@acbf.com.br

domingo, 20 de março de 2016

O Seu Diferencial Profissional

Você já parou pra pensar o que difere você do seu concorrente?

Você já percebeu que todos aqueles que se destacam em qualquer atividade (principalmente nas esportivas) tem alguma característica que os torna diferentes?

Por isso fiz um vídeo com este questionamento.

Assistam e comentem, dê sua opinião sobre o tema!

domingo, 14 de fevereiro de 2016

Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de Futsal X UEFA Futsal Euro

São tantas as diferenças que não sei nem por onde começar! As diferenças separam as minhas analises criteriosamente, primeiro, que as comparações são desproporcionais. Não me sinto nem um pouco confortável para avaliar as duas competições que ocorreram simultaneamente, me sinto extremamente impotente e incapaz, para não dizer que se assim fizesse seria injusto.
Tudo, absolutamente tudo, parte da organização e do planejamento. Isso, estamos “Sul-américa” LONGE, de encontrarmos a verdadeira valorização a nossa modalidade.
A UEFA está muito a frente da organização do nosso continente, mesmo que ainda esteja com olhos muito mais atentos ao nosso irmão rico (Futebol) dão ao espetáculo e ao esporte uma importância diferente. Tudo isso no âmbito organizacional.
No aspecto técnico/tático/físico e emocional, cabem boas observações, mas, nenhuma delas pode iniciar sem dizer que NOSSAS condições são (as piores) possíveis. Lamentavelmente quem está hoje servindo nossa Seleção esta dando a cara à tapa (poderiam ter condições melhores), qualquer um (de nós) que lá estivesse lá, estaria fazendo como todos nós Brasileiros fazem, dando o seu melhor. Buscando superar TODAS (MUITAS) dificuldades pelo amor que tem a modalidade e pelo prazer de servir a Seleção (profissionalismo).
Mas, vou pontuar algumas coisas:
1) Comparar as disputas das duas competições corta em 80% as analises isso pq na Europa as equipes estão em meio de temporada, por aqui, estamos (TODOS) começando. Para se adiantar as observações daqueles que dirão que temos atletas que atuam em outros países (Europa), afirmo; pior ainda pq temos que unir as concepções de jogo sem tempo “nenhum pra isso”.
2) Quem da Seleção Espanhola, Russa, Portuguesa e demais Seleções finalistas jogam fora do seu “habitat” natural? Acredito que isso pode facilitar um pouco as coisas.
3) Cada um no seu quadrado, EURO é uma situação, Sul-América é outra e estamos muiiiitttooooo atrasados em relação ao que se prática lá em termos de condições.
Então vou retornar ao patamar inicial, temos uma Confederação “falida” sem nenhuma condição de dar condições ao nossos profissionais, temos sérios problemas de calendário pois os clubes são “punidos” pelas convocações e os atletas “punidos” pelas desconvocações, todos nós brigamos internamente por nossos interesses em detrimento aos interesses da nossa Seleção (critério natural) quando não se enxerga organização e planejamento.
EU acredito no potencial de nossos atletas e profissionais, porém, preciso acreditar (enxergar) isso em nossos representantes, enquanto isso não acontecer, se mantém o clima de desconfiança.
Falar de aspectos técnicos e táticos? Cada um tem sua visão em relação ao tema, tem pessoas que entende muito mais que eu para comentar sobre tal, eu sigo aqui analisando tudo que acontece sob meu ponto de vista e as analises são importantes para continuar desenvolvendo metodologias que auxilie as pessoas a melhorar seus trabalhos, me concentro nisso, acho ser mais produtivo do que ficar “batendo boca” com quem discorda ou tem outra opinião, respeito todas!!! As boas me fazem refletir, as demais, são apenas pontos de vista.
No mês de Janeiro e Fevereiro participei de quatro eventos do Futsal, Congresso Internacional, Pós Graduação/Meeting de Futsal, ENTF (Escola Nacional de Técnicos de Futsal) e Estágio do Corinthians (Fernando Ferretti). Foram mais de 300 alunos/profissionais e o que mais discuti não foi à forma que cada equipe ou seleção se apresenta/joga e sim, métodos e procedimentos isso, pra mim é o que mais importa.

Segue abaixo uma síntese: Abordagem de Competência


Damos muita importância à prática e esquecemos do plano, da organização dos procedimentos. Este é o ponto onde realmente precisamos melhoras, aprender um pouco mais a entender nossas características.
Não estamos atrás de nenhuma Seleção em níveis técnicos/táticos, podemos na verdade muito mais do que somos, ir além e nos tornarmos imbatível SIM, pois reunimos condições (matéria prima) pra isso, mas, enquanto acharmos que somos “fonte inesgotável de talentos” e não nos organizarmos enquanto instituição, métodos e procedimentos, continuaremos competindo com Seleções de nível técnico inferior e tendo dificuldades.
Soluções mirabolantes, invenções milagrosas e receitas de bolo não irão resolver o problema.
Vamos marcar um encontro, melhorem de cima pra baixo (gestão) e vamos melhorar de baixo pra cima (Equipes), quem sabe possamos nos encontrar em breve com algo mais palpável, enquanto isso, vamos parar de achar que a grama do vizinho é mais verde, que a cor da casa dele é mais bonita, parar de acreditar em tudo que se ouve, se escreve e se lê, inclusive este sobre artigo, pois ele retrata apenas a minha opinião!
Abraço à todos e votos de sucesso!

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Futsal – O Jogo, a aleatoriedade, o acaso e a preparação.

[...] “em situações que envolvem o acaso, nossos processos cerebrais costumam ser gravemente deficientes”. (Leonard Mlodinow).



Em uma de minhas leituras me deparei com esta frase, obviamente meus olhos estão sempre atentos ao que posso correlacionar com minha profissão e ao trabalho que desenvolvo.
Quando encontro algo que acredito e que traduz o que penso procuro refletir sobre o tema e exprimir o máximo do conteúdo.
O Modo como tomamos decisões no jogo, os processos que nos levam a julgamentos equivocados e decisões ruins quando confrontados com a aleatoriedade ou a incerteza sempre me inquietarão muito. Muitos me perguntam, por que os atletas têm dificuldades de reagir ao inesperado?
Porque acreditamos que podemos prever todas as situações que irão acontecer no jogo. Essa é minha resposta, pois acredito que a aleatoriedade, o acaso estão presentes numa disputa.
Não oferecer o acaso e a imprevisibilidade na preparação não nos prepara. Não nos encoraja para enfrentar as disputas.
As questões técnicas, as habilidades representam a forma com que iremos responder aos acontecimentos, mais muitas vezes não são elas que promovem estes acontecimentos, sendo assim, si as questões técnicas e as habilidades não são as principais condutoras das ações do jogo, isoladamente eles não garantem as respostas corretas, se é que elas existem.
Um jogo é muito mais que isso, e os resultados são cada vez mais imprevisíveis, pois EU acredito que questões comportamentais influenciam diretamente.
Podemos até ter dificuldades para aceitar a influência de fatores aleatórios ou não relacionados e previstos no jogo, mais o que sei é que eles existem e possuem grande impacto nos resultados, assim como acredito que criamos a sensação de que nossos resultados estão relacionados somente com a qualidade técnica da nossa equipe e que conseguiremos identificar com exatidão as ações dos nossos adversários.
Em vez de confiar tanto na nossa capacidade de prever os acontecimentos, poderíamos nos concentrar em reagir bem quando eles acontecem, qualidades como flexibilidade, confiança, coragem e perseverança melhoram muito a forma com que reagimos aos fatos imprevistos.
E por que não preparar nossos atletas desta forma? Torna-los capazes de reagir bem aos acontecimentos do jogo.
Hoje minha grande preocupação não está baseada na forma com que o meu adversário irá jogar, de que maneira irá atacar ou defender, mas, de que forma minha equipe irá identificar e reagir às situações impostas por ela, qual o seu nível de confiança, sua coragem de enfrentar tais situações, se se sente desafiado pela tarefa de competir e qual será sua postura nas adversidades do jogo.

Nossa mente foi construída para identificar uma causa definida, uma ação prevista e treinada, mas, percebo que possui ainda grande dificuldade de se ajustar as mudanças e alternâncias de uma partida.
O êxito ou o fracasso podem surgir de uma grande habilidade ou de uma grande incompetência técnica, atribuímos então mérito direto a quem realizou a ação ou a solução, ou então a culpa.
A evolução técnica garante o reconhecimento dos padrões fixados e previsíveis ao jogo, mas não ao inesperado, é preciso estar muito atento ao que não está no roteiro, sob pena de sermos traídos pela ilusão.
Treine, treine e treine, mas não esqueça de que o que não treinou poderá acontecer. Então é melhor estar muito atento e concentrado.
Grande abraço à todos e votos de sucesso!


Prof. Esp. Marquinhos Xavier
AMAX Futsal - Metodologias para o Futsal

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Eleição dos Melhores da LNF 2015

"A 20ª edição da Liga Nacional de Futsal está chegando ao fim e você já pode votar na seleção dos melhores da competição. Após as indicações dos clubes, foram selecionados três candidatos para os oito prêmios em votação". (Site Sportv.com).



Acesse o link abaixo e deixe seu voto aos participantes na categoria MELHOR TÉCNICO LNF 2015

http://sportv.globo.com/site/eventos/liga-nacional-de-futsal/enquete/quem-e-o-melhor-tecnico-da-lnf-2015.html

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Lançamento - Novo Guia de Jogadas (Bolas Paradas)

A essência das bolas paradas está na recuperação do jogo treinado, pelo motivo de ser um gatilho que aciona a equipe coletivamente. Quanto à efetivação do movimento em arremate a meta ou em quebra de defesa (saída de pressão) sempre será levada em conta o ponto da quadra em que essa jogada se realizará.
Pensando nisso, em trabalho conjunto com o Prof. Paulinho Cardoso (Minas Tênis Clube) desenvolvemos um novo material para auxiliar os profissionais na sua metodologia aplicada as Jogadas Ensaiadas.
Conheça mais sobre nosso produto clicando no link ao lado.